João Miguel Correia Gonçalves Vaz


  • Após a licenciatura em engenharia Mecânica na Universidade de Coimbra, em 1998, iniciou a sua carreira profissional na empresa alemã INFA – Instituto dos Resíduos. Aqui teve a oportunidade de realizar trabalho prático, participando em campanhas de caracterização de resíduos, organização da recolha e elaboração de sistemas tarifários.
    Através da liderança de vários projetos de resíduos, em Portugal, Europa e África, adquiriu uma visão global dos problemas e das respetivas soluções. Um dos projetos mais emblemáticos da sua carreira ao serviço da ECOGESTUS, Resíduos, Estudos e Soluções Lda é a Estação de Compostagem de São Tomé e da ilha do Príncipe. Neste país introduziu a recolha seletiva, porta-a-porta e é autor do Plano Nacional de Resíduos 2011-2016.
    Tem experiência no âmbito da tomada de decisão a tendo elaborado a componente da estratégia ambiental do Plano Estratégico de Desenvolvimento (PED) e Agenda21 Local, a vigorar até 2023 e de alterações climáticas tendo participado em sessões do ADAPT Clima.
    Em Portugal, e em São Tomé e Príncipe ministrou centenas de horas de formação aos funcionários (motoristas, cantoneiros, fiscais, encarregados), técnicos locais e decisores políticos, desde 2009. Escreve regularmente para revistas técnicas sobre política de resíduos.
    No futuro deseja difundir as melhores práticas de recolha e tratamento de resíduos por países em desenvolvimento de língua portuguesa.
  • Nome: João Miguel Correia Gonçalves Vaz
    Número ORCID:
    Scopus Number:
    Morada Institucional: Rua D Afonso IV, 23 ,2
    Email: joao.vaz@ecogestus.com
    Telefone Institucional: 00351965784613
  • C Dias-Ferreira, S Valente, J M Vaz
    Pharmaceutical waste generated and discarded in households across Portugal (In Press) (2016) (2016)
    Waste Management & Research,
    , vol.vol.NA, pp.NA
    DOI: NA

    Joao Vaz, Jose Ferreira, Celia Dias-Ferreira
    Biowaste separate collection and composting in a Small Island Developing State – the case study of São Tomé and Principe, West Africa (2015) (2015)
    Waste Management & Research,
    , vol. vol.33(12), pp.pp.1132-1138
    http://doi.org/http://doi.org/10.1177/0734242X15611737

Comments are closed